0

As nove missões empresariais realizadas em 2023 pelo programa CreativeSP, do Governo de São Paulo, devem gerar R$ 404 milhões em negócios na indústria cultural, alta de 13% na comparação com 2022.

Em média, para cada real investido pelo poder público, serão gerados pelo menos R$ 85 em negócios – o orçamento do CreativeSP no ano foi de quase R$ 4,7 milhões.

Com os objetivos promover a troca de conhecimento entre empresas do setor de economia criativa, incentivar a geração de negócios e atrair investimento estrangeiro para o Estado, o programa leva empresas paulistas para os principais eventos internacionais de setores como audiovisual, literatura, música, tecnologia, games e inovação.

Os novos negócios ainda devem criar 7,8 mil vagas de emprego no setor cultural, alta de 18% em relação ao ano passado. Os números foram divulgados pela Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas e pela InvestSP – agência de promoção de investimentos vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico -, que são responsáveis pelo CreativeSP.

Em 2023, o programa levou 85 empresas do setor cultural para nove dos maiores eventos de economia criativa do mundo: SXSW (EUA), GDC (EUA), Festival de Cinema de Cannes (França), Gamescom (Alemanha), Feira do Livro de Frankfurt (Alemanha), Festival de Cinema de San Sebastián (Espanha), Womex (Espanha), Web Summit Lisboa (Portugal) e Ventana Sur (Buenos Aires).

“Com o CreativeSP, cumprimos o objetivo de promover uma política cultural inovadora, como caminho de desenvolvimento humano, econômico e criativo. O CreativeSP é um programa de potencial imenso e que já transformou a realidade de muitos negócios da indústria cultural. Para os próximos anos, teremos novidades, mais investimento e resultados ainda mais grandiosos para as empresas do Estado de São Paulo”, afirma a secretária da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Marília Marton. 

Por conta dos bons resultados, o Governo de São Paulo anunciou, no último mês de outubro, a prorrogação do CreativeSP por cinco anos, além do aumento do orçamento anual do programa para R$ 6,6 milhões. Nesse período, serão investidos R$ 33 milhões, com uma projeção de novos negócios na casa de R$ 2 bilhões.

“Além de gerar emprego e renda, o setor de economia criativa é fundamental para acelerar a inovação e aumentar a competitividade do Estado. Por isso o esforço da nossa área internacional, inclusive dos escritórios da InvestSP na Europa e na América do Norte, para organizar as missões, gerar negócios e promover o setor cultural paulista lá fora”, diz o presidente da InvestSP, Rui Gomes. 

O CreativeSP oferece um reembolso máximo de US$ 3 mil em despesas elegíveis para custear até 50% dos gastos das empresas selecionadas com a viagem. O programa ainda promove eventos de networking durante as missões e oferece ações de consultoria, monitoramento de resultados e acompanhamento pós-evento.

Para o primeiro semestre de 2024, já estão previstas cinco missões:

  • Festival de Cinema de Berlim(Alemanha)
  • SXSW (EUA)
  • GamesDeveloperConference(EUA)
  • Festival deCinema deCannes (França)
  • Festival de PublicidadedeCannes (França)

Detalhes sobre inscrições e seleção estão disponíveis no site da InvestSP.

Chiessi
Jornalista do Prime Times, Beatriz Chiessi é formada em Gestão Empresarial e possui MBA em Jornalismo Digital. Especialista na produção de conteúdo há 5 anos.

    SEIDOR cria vertical exclusiva de tecnologia para agronegócio

    Artigo Anterior

    Plataforma de gerenciamento de frete rodoviário oferece equipe dedicada para transportadoras e indústrias

    Próximo Artigo

    Veja também

    Mais sobre Negócios