0

A NVIDIA, empresa que redefiniu a computação gráfica moderna, computação de alto desempenho e Inteligência Artificial, registra receita recorde para o primeiro trimestre, encerrado em 1º de maio de 2022. O valor, de US$ 8,29 bilhões, representa um aumento de 46% em relação ao ano anterior e de 8% em relação ao trimestre anterior. Os setores de destaque do trimestre foram data center e games.

Durante o primeiro trimestre, a área de data center da divisão Enterprise da NVIDIA conquistou recorde de US$ 3,75 bilhões, o que representa um aumento de 15% a mais que no último trimestre e 83% a mais que no mesmo período do ano passado.

Grandes anúncios da NVIDIA

Entre os grandes destaques da área estão:

  • Anúncio da arquitetura de GPU NVIDIA Hopper™, oferecendo um salto de desempenho de ordem de magnitude sobre seu antecessor; a GPU NVIDIA® H100 Tensor Core, a primeira GPU baseada em Hopper, com 80 bilhões de transistores; e o sistema NVIDIA DGX™ H100, a quarta geração desse sistema de IA desenvolvido especificamente a infraestrutura;
  • Lançamento do Superchip de CPU NVIDIA Grace™ baseado em Arm® com dois chips de CPU conectados de forma coerente NVLink®-C2C, uma nova interconexão chip a chip de alta velocidade e baixa latência;
  • Divulgação de que os principais fabricantes de computadores de Taiwan estão prontos para lançar a primeira onda de sistemas alimentados por Grace Hopper e Grace CPU Superchips da NVIDIA, a caminho de serem lançados no primeiro semestre de 2023;
  • Revelação da NVIDIA Spectrum™-4, primeira plataforma de rede de ponta a ponta de 400 Gbps do mundo, que possui desempenho extremo e segurança robusta necessários para infraestrutura de data center em escala;
  • Anúncio de grandes atualizações para NVIDIA AI — que inclui software pronto para empresas para fala, sistemas de recomendação, inferência em hiperescala e muito mais — assim como a nova IA da NVIDIA de programa acelerado, para ajudar a garantir o desempenho e a confiabilidade dos aplicativos de IA da NVIDIA para parceiros.

“Entregamos resultados recordes em data center e games em um cenário macro desafiador”, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. “A eficácia do deep learning para automatizar a inteligência está levando empresas de todos os setores a adotarem a NVIDIA para computação de IA. Data center tornou-se nossa maior plataforma, mesmo com games atingindo um trimestre recorde.”

“Estamos nos preparando para a maior onda de novos produtos em nossa história com nova GPU, CPU, DPU e processadores de robótica subindo no segundo semestre. Nossos novos chips e sistemas avançarão muito em IA, gráficos, Omniverse, carros autônomos e robótica, bem como as muitas indústrias que essas tecnologias impactam”, afirma Huang.

Área de games tem aumento de 31%

O setor de games foi outro destaque do trimestre e conquistou US$ 3,62 bilhões, tendo um aumento de 31% referente ao mesmo período do ano passado e 6% em comparação ao trimestre anterior. A área apresentou a GeForce RTX® 3090 Ti, a GPU de consumo mais rápida de todos os tempos.

Confira mais lançamentos:

Anúncio de 15 novos títulos de jogos otimizados para NVIDIA RTX – incluindo Dying Light 2 Stay Human, Ghostwire: Tokyo e Shadow Warrior 3 — elevando o total para mais de 250 jogos e aplicações;
Os jogadores também podem acessar o streaming da classe RTX 3080 com o GeForce NOW™ com plano de assinatura mensal.
Mais destaques

Para finalizar, a área de visualização profissional também teve saldos positivos. A receita do primeiro trimestre de visualização profissional foi de US$ 622 milhões, 67% a mais que no ano anterior e 3% a menos em relação ao trimestre anterior. Já a área automotiva alcançou a marca de US$ 138 milhões, uma queda de 10% em relação ao ano anterior e um aumento de 10% em relação ao trimestre anterior.

“Comemoramos mais este balanço com receita recorde e com muitos cases para celebrar também na América Latina. A tecnologia contribui para a expansão de diversos setores e ficamos muito gratos de fazer parte desta revolução tecnológica no mundo todo”, enfatiza Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA para América Latina.

Durante o primeiro trimestre do ano fiscal de 2023, a NVIDIA devolveu aos acionistas US$ 2,10 bilhões em recompras de ações e dinheiro dividendos. Em 23 de maio de 2022, o conselho de administração aumentou e estendeu o programa de recompra de ações da empresa para recomprar ações ordinárias adicionais até um total de US$ 15 bilhões até dezembro de 2023.

A NVIDIA também pagará seu próximo dividendo trimestral em dinheiro de US$ 0,04 por ação em 1º de julho de 2022 a todos os acionistas registrados em 9 de junho de 2022.

Além disso, a perspectiva da empresa para o segundo trimestre fiscal de 2023 é de US$ 8,10 bilhões, mais ou menos 2%.

Para conferir o balanço completo do primeiro trimestre do ano fiscal 2023, clique aqui.

Governo de SP abre 20 mil vagas do Novotec Virtual em todo o estado

Artigo Anterior

Governo de São Paulo oferece R$ 100 milhões em crédito a juro zero para empresas negativadas do estado de SP

Próximo Artigo

Veja também

Mais sobre Tecnologia