0

“Foi preciso dar um passo para trás para poder alavancar nosso crescimento”, diz o CEO e co-founder da Voit, startup curitibana que criou um marketplace de artigos esportivos usados, Gustavo Bakai.

Criada em fevereiro de 2020, logo no início da pandemia da COVID-19, a empresa teve como mote principal o consumo consciente e a busca incessante por qualidade de vida e hábitos saudáveis.

Em meio a lockdowns e às incertezas em que o mundo estava vivendo, a empresa teve um crescimento exponencial: 2500% de aumento no número de usuários, acompanhado de um aumento expressivo de faturamento.

“A Voit quer democratizar o acesso ao esporte, mas também permitir que qualquer pessoa possa criar a sua própria loja, fazer uma renda extra e começar a faturar com produtos esportivos que não usa mais.”

O crescimento chamou atenção de investidores e nas últimas semanas a startup fechou sua primeira rodada de captação.

Investidores

O aporte veio do fundo Canaliza e foi acompanhado pelos investidores Allan Schimitt (MadeiraMadeira, Logcomex) Eric Dhaese (Rappi, MadeiraMadeira, Kraft Heinz) e André Leal (PSQA, O Boticário, BRF).

Estes investidores também farão parte do conselho da startup, que também conta com Sandra Hayashida (Kyvo, Amaro, Torcedores) e Fernando Kanarski (FK Training).

Ainda que o crescimento seja expressivo, Bakai e seus sócios, Thiago Paz e Marco Cazarim, resolveram turbinar o modelo de negócio e alçar novos voos. Após a rodada de investimentos, a Voit passa a se tornar um marketplace de artigos esportivos tanto novos, quanto usados.

“A digitalização impulsionada pela pandemia chegou para todos os segmentos e no esportivo não foi diferente. Temos demandas diárias deste tipo de negócio e estamos desenvolvendo uma tecnologia de ponta para começar a colocar estes parceiros na plataforma”, diz o CEO.

Além disso, eles inovam com uma curadoria e consultoria de vendas gratuita aos clientes.

“A maior dificuldade da compra online é a falta de atendimento ao cliente. Então resolvemos sanar essa dor. Digamos que você precise comprar um tênis de corrida no tamanho 36, de uma determinada pisada. Nossa equipe estará pronta para buscar, dentre as opções disponíveis dentro do marketplace, a melhor opção, tanto segunda mão, quanto novo. Tudo isso de forma gratuita”, explica.

Com esse novo serviço, a Voit começou a recrutar talentos para prestar consultoria de venda, com experiência no mercado esportivo, e estima aumentar seu quadro de colaboradores em 300% até o final do ano. “Nossa expectativa com essa virada de chave é, até o início de 2022, crescer cinco vezes mais”, finaliza Bakai.

As empresas que queiram fazer parte do marketplace podem enviar e-mail para contato@voit.co.

Redação
Equipe de Redação

Oystr concorre ao ranking 100 Open Startups de 2021

Artigo Anterior

A percepção mundial sobre a era 5G

Próximo Artigo

Veja também

Mais sobre Negócios